Gostou do artigo? Compartilhe!

SINDROME FEMOROPATELAR DOLOROSA

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

A Síndrome Femoropatelar Dolorosa é uma patologia causada por um desequilíbrio entre a musculatura flexora e extensora do joelho. Na grande maioria das vezes ocorre devido uma contratura da musculatura flexora do joelho, ou seja, isquiotibiais e o bíceps da coxa. Isso leva a uma sobrecarga da musculatura extensora com um aumento da pressão entre a patela e a tróclea femoral.
Esse aumento de pressão pode ocasionar uma lesão cartilaginosa (condromalácia), tanto na tróclea femoral quanto na patela, gerando dor.

Os principais sintomas são:

📍Dor anterior do joelho, sobretudo ao subir e descer escadas ou ao ficar por muito tempo sentado, com o joelho fletido (dobrado).

📍Sensação de pressão anterior no joelho (patela).

📍Déficit de extensão do joelho

👨‍⚕️O diagnóstico é clínico. Os exames de imagem (RX e Ressonância Magnética) servem apenas para detectar possíveis lesões cartilaginosa ou ósseas.
-
🦴O tratamento, na grande maioria das vezes, é conservador, ou seja, através de medicação antiinflamatoria e fisioterapia (visando o alongamento dos tendões flexores), mas em caso de lesão da cartilagem, pode ser indicado: colágeno, viscossuplementação ou até mesmo, procedimentos cirúrgicos.

Em caso de apresentar algum desses sintomas, procure um ortopedista.

Autor

Dr Thiago Pinto de Oliveira Gomes

Dr Thiago Pinto de Oliveira Gomes

Ortopedista e Traumatologista

Mestrado em Imunologia E Bioquímica de Compostos Bioativos no(a) UFVJM.