Gostou do artigo? Compartilhe!

SARCOPENIA

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

SARCOPENIA

 

Sarcopenia é o envelhecimento do músculo, um processo natural envolvendo perda de massa, força e funções musculares. O sistema muscular esquelético chega a sua maior funcionalidade entre a segunda e quarta décadas de vida e a partir daí sofre um declínio, com acentuação após os 70 anos de idade. Entretanto a sarcopenia agrava-se quando associada a outras doenças osteomusculares como a osteopenia e a osteoporose.

O impacto desse quadro é o comprometimento da capacidade funcional, ou seja, a capacidade do indivíduo de realizar atividades básicas da vida diária, afetando a sua qualidade de vida, inserção na sociedade, dependência, aumento do risco de quedas e fraturas em decorrência de fragilidade e morte prematura. 
A sarcopenia é resultado da interação de distúrbios da inervação e diminuição da quantidade e da qualidade de fibras musculares, porém também é agravada por mecanismos alterados de anabolismo e catabolismo, diminuição da ingestão protéinas, desuso do músculo por sedentarismo ou por doenças incapacitantes, obesidade e presença de gordura intramuscular, associação com osteoporose e baixo nível de vitamina D.
A obesidade tem papel fundamental na sarcopenia, manifestando -se pela presença de gordura intramuscular que, associada à atrofia, compromete ainda mais a função muscular.
O envelhecimento é, portanto, um processo que envolve comorbidades simultâneas, entre elas o enfraquecimento e a perda da massa muscular, ou seja, o desenvolvimento natural da sarcopenia.
Portanto, a atividade física, deve ser estimulada visando a prevenção da sarcopenia, evitando assim, problemas de locomoção, risco de quedas, fraturas e morte.
.

Autor

Dr Thiago Pinto de Oliveira Gomes

Dr Thiago Pinto de Oliveira Gomes

Ortopedista e Traumatologista

Mestrado em Imunologia E Bioquímica de Compostos Bioativos no(a) UFVJM.